ENTIDADES PARCEIRAS INCLUSIVE TOURISM

INCLUSIVE TOURISM is implemented by an international Consortium, including Chamber of Commerce of Valencia and AMICA (Spain); CERCIGUI and PERFIL (Portugal); CUDV DRAGA and Chamber of Commerce and Industry of Slovenia – Institute for Business Education (Slovenia)

CÂMARA DO COMÉRCIO DE VALÊNCIA

A CÂMARA DO COMÉRCIO DE VALÊNCIA é a entidade líder do projeto e aportará ao projeto a sua experiência nas áreas do Turismo, do Emprego e da Comunicação.

A CÂMARA DO COMÉRCIO DE VALÊNCIA é uma organização pública sem fins lucrativos, criada por lei em 1886.

Como entidade pública, a Câmara representa hoje mais de 170.500 empresas na Província de Valência. 3.171 dessas empresas têm uma relação mais próxima com a Câmara e fazem parte do “Valencia Chambers’ Club”. 99% das empresas da Província de Valência são PME.

A Câmara de Valência conta com uma ampla experiência no apoio às PMEs. As principais áreas de trabalho da Câmara são: informação, formação e aconselhamento a empresas e empreendedores, inovação, comércio internacional, mercado interno, turismo, ambiente, transportes, legislação, etc.
A área específica de formação da Câmara é desenvolvida pela “Lluis Vives Business School”. A missão da “Business School” é fornecer formação de qualidade, à medida das necessidades dos negócios, através do uso de recursos humanos e materiais inovadores e em estreita colaboração com a comunidade empresarial.

A Câmara de Valência presta apoio regular às pessoas com deficiência de uma forma inclusiva, proporcionando-lhes, obviamente, acesso aos mesmos serviços que são prestados a todos os estudantes, empreendedores e empresários.

Na área da formação, a Câmara desenvolveu atividades especificamente dirigidas a pessoas com deficiência através do Programa PICE (Programa Integrado para a Qualificação e Emprego), desenvolvido em colaboração com o Ministério do Emprego e Segurança Social.

Ao longo de 2016, 42 jovens desempregados com deficiência física participaram no PICE. Receberam na Câmara uma orientação inicial e acesso a um percurso de aprendizagem que vai desde o registo no Sistema Nacional de Garantia à Juventude, até a possibilidade de acesso a medidas e ações de abordagem aos negócios e de apoio à integração no mercado de trabalho.

AMICA

A AMICA é uma organização sem fins lucrativos criada em 1984 cuja missão é descobrir as capacidades que existem em cada pessoa e nas suas limitações ao apoio, encorajando a maior autonomia possível, o usufruto de direitos básicos e responsabilidades de cidadania e participação na comunidade.

A AMICA irá, fundamentalmente, contribuir para o projeto com a sua experiência

A AMICA irá, fundamentalmente, contribuir para o projeto com a sua experiência napromoção da inserção laboral de Pessoas com Deficiência e no desenvolvimento de metodologias de formação adaptadas, bem como, a sua disseminação.

AMICA é constituída por famílias, pessoas com Deficiência e profissionais. Representa um modelo de envolvimento direto da gestão e das partes interessadas. A nível estatal, opera maioritariamente na comunidade autónoma de Cantábria.

A associação tem dois centros de Emprego Especial: SOEMCA EMPLOYMENT SL, dedicada ao negócio de fabrico de roupa e lavagem industrial e a SAEMA EMPLOYMENT SL, aloucada a atividades ambientais. Tem 26 núcleos e centros de atividade.

Em 2015, apoiou 1493 pessoas com Deficiência através dos seguintes tipos de apoio: assistência social, avaliação multidisciplinar, reabilitação, apoio pessoal e domiciliário, centros de dia, alojamento e apoio para a vida independente, formação, emprego e lazer. A equipa é composta por 110 profissionais.

CERCIGUI

A CERCIGUI – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de cidadãos com Incapacidades de Guimarães – é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 1977 para apoiar a população com deficiência intelectual de Guimarães, bem como, as suas famílias. Desde então, os serviços prestados à comunidade têm aumentado, mesmo geograficamente. Atualmente, serve mais de 500 pessoas com diferentes tipos de deficiência e suas famílias através de diversos serviços e programas. De momento, a CERCIGUI conta com mais de 100 colaboradores.

Nossa Missão

Para o projeto, a CERCIGUI trará, fundamentalmente,a sua experiência na promoção da inserção laboral de Pessoas com Deficiência e no desenvolvimento de metodologias de formação adaptadas, bem como, a sua disseminação.

Atualmente, a CERCIGUI atende mais de 500 pessoas nos vários espaços dentro da instituição e nas escolas da região de Guimarães e Vizela, através de diferentes serviços e programas: Unidade Educacional, Serviço de Apoio Domiciliário, Centro de Reabilitação e Formação Profissional, dois Centro de Atividades Ocupacionais, dois Lares Residenciais e o Centro de Recursos para a Inclusão.

A nossa missão: promover a inclusão social das pessoas com deficiência de acordo com o código de ética.
Todos os serviços são importantes, mas podemos destacar os Centros de Atividades Ocupacionais pois trata-se de uma resposta social que procura atender as necessidades reais da pessoa com deficiência intelectual com mais insistência. Os nossos principais objetivos são: estimular e facilitar o possível desenvolvimento das habilidades remanescentes das pessoas com deficiência; facilitar a sua integração social; facilitar o encaminhamento de pessoas com deficiência, sempre que possível, para programas apropriados de integração social e profissional.

O CERCIGUI trabalha com pessoas com Deficiência Intelectual em dois Centros de Atividades Ocupacionais e tem como principais objetivos: promover a integração social de pessoas com deficiência; manter os jovens motivados e interessados ​​e estimular as suas capacidades. Algumas das atividades são: tarefas agrícolas, lavanderia, trabalhos artesanais, bem-estar, jardinagem, atividades da vida diária, limpeza de carros, tecelagem, reciclagem, entretenimento, artes plásticas, trabalhos em madeira, têxteis. No nosso Centro de Formação Profissional, temos muitas áreas e em duas delas os clientes aprendem culinária e pastelaria.

GZS CPU

Câmara de Comércio e Indústria da Eslovénia – Instituto para a Educação em Gestão (www.cpu.si).

A missão da CPU é fornecer às empresas um conhecimento moderno, aplicável e de alta qualidade, enriquecido com experiências nacionais e internacionais e exemplos de boas práticas de negócios de acordo com o princípio “prática para prática’’.

A Câmara de Comércio e Indústria da Eslovénia

A Câmara de Comércio e Indústria da Eslovénia – Instituto para a Educação em Gestão é um dos prestadores de serviços de educação e de formação para adultos, com uma longa tradição e experiência no desenvolvimento, organização e implementação de seminários técnicos e profissionais, cursos de formação, “workshops”, cursos de curta e longa duração e outros eventos para as necessidades das empresas.

A orientação em relação às necessidades reais de educação, formação e competências requeridas no mercado de trabalho permitiu-nos tornar num dos maiores fornecedores de educação e formação para adultos na Eslovénia.

O Instituto tem 25 anos de experiências como instituição profissional para a realização de educação pública e outras formas de educação e formação. O conhecimento, os anos de experiência de nossa equipa e a cooperação com especialistas nacionais e estrangeiros permitem-nos desenvolver e fornecer programas educacionais e de formação, de curta duração e à medida, de alta qualidade.

CUDV DRAGA

CUDV Draga “Educação, trabalho e centro de dia, foi criado pelo governo da República da Eslovénia como uma organização de formação, educação, ocupação, cuidados de saúde e reabilitação para mais de 450 crianças, adolescentes e adultos com dificuldades de aprendizagem e deficiências sensoriais moderadas, severas e profundas.

Aprenda, treine, trabalhe e melhore sua qualidade de vida em geral.

O principal objetivo da CUDV DRAGA é dar às Pessoas com deficiência intelectual oportunidades de aprendizagem, formação, trabalho e melhorar a sua qualidade de vida em geral.

CUDV DRAGA irá, basicamente, contribuir para este projeto com a sua experiência na promoção da inserção laboral de Pessoas com Deficiência e no desenvolvimento de metodologias de formação adaptadas, bem como, a sua disseminação.
Os utilizadores têm a possibilidade de comentar e influenciar as decisões da organização no decorrer das reuniões do grupo de autorrepresentação.

Os Clientes/alunos oferecem apoio aos colegas no processo de aprendizagem e apoio importante durante os períodos de transição. Os clientes trabalham em várias posições dentro do Centro apoiando o funcionamento da organização (restaurante, cozinha, quinta, lavagem da roupa, tarefas domésticas, etc).Os clientes são ativos em atividades desportivas, grupos artísticos… que oferecem entretenimento a outros clientes. Alguns trabalham num restaurante no centro de Ljubljana. Contribuem fortemente para atividades de consciencialização.

O centro emprega 460 trabalhadores e profissionais. Especialistas do centro estão também envolvidos na educação do pessoal e também promovem seminários dirigidos a outras organizações educativas. De 1990 até 2002 algunsestiveram envolvidos em programas vocacionais para profissionais de saúde e nos últimos 14 anos, também estamos envolvidos em muitos projetos internacionais, principalmente no anterior Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida e atualmente também no Erasmus+.

PERFIL – PSICOLOGIA E TRABALHO, LDA.

PERFIL- Psicologia e Trabalho, Lda. é uma empresa portuguesa de formação e consultoria criada em 1986 que, nos últimos anos, desenvolveu projetos de vanguarda relacionados com o turismo acessível e inclusivo.

Empresa portuguesa de formação e consultoria

A PERFIL tem estado envolvida na promoção da acessibilidade na indústria do turismo através de projetos inovadores e planos de políticas nacionais. Em particular, a empresa esteve envolvida num estudo nacional sobre “Turismo Inclusivo”, em que se pretendeu identificar as competências necessárias para os profissionais do setor turístico português poderem servir adequadamente turistas com necessidades especiais. O principal objetivo deste foi o de contribuir para uma política nacional de inclusão de pessoas com deficiência, melhorando o seu acesso aos serviços de turismo através da:
  • Identificação das necessidades especiais que as pessoas com deficiência têm quando usam serviços de turismo (alojamento, restauração, operadores turísticos, serviços de informação turística, transportes e outros serviços de turismo)
  • Identificação das competências necessárias para que os profissionais de turismo possam satisfazer aquelas necessidades / requisitos
  • Criação de um “package” de formação para os profissionais de turismo desenvolverem as competências específicas necessárias para atender com sucesso pessoas com necessidades especiais.
O “Package” de Formação “Turismo Inclusivo – Competências para acolher e atender pessoas com necessidades especiais” foi concebido exclusivamente para o setor do turismo português, a fim de dotar os profissionais com as competências necessárias para acolher e atender com êxito pessoas com necessidades especiais. A PERFIL, juntamente com outros especialistas portugueses, tem vindo a sensibilizar as autoridades portuguesas relevantes (nomeadamente o Turismo de Portugal, o Instituto Nacional para a Reabilitação e o Instituto de Emprego e Formação Profissional) sobre a necessidade de investir no desenvolvimento do turismo acessível em Portugal. A PERFIL foi convidada a apresentar o seu trabalho em diversos seminários e conferências nacionais e internacionais. Exemplos disto incluem: os Seminários do Turismo de Portugal em Lisboa, Porto, Faro, Coimbra e Portalegre, para promover a acessibilidade como referência de qualidade para novas ofertas de turismo em Portugal; Conferência de Turismo do Instituto Superior de Ciências Educativas; Conferência Internacional para a Inclusão – INCLUDIT do Instituto Politécnico de Leiria. A PERFIL contribuiu também para artigos científicos publicados em publicações académicas (por exemplo, “Turismo, Formação e Inovação: Estudos e Experiências, da Editora Pedago) sobre as necessidades de acessibilidade no setor de turismo. Ao compartilhar as suas melhores práticas, a PERFIL dá sua contribuição para a melhoria dos modelos de formação utilizados na Europa para desenvolver nos profissionais de turismo as competências que lhes permitirão oferecer um alto padrão de serviço aos clientes com necessidades especiais. Mais recentemente, a PERFIL desenvolveu e liderou o Consórcio que implementou o Projeto BRENDAIT (Construção de uma Rede Regional para o Desenvolvimento do Turismo Acessível e Inclusivo).

COOPERATION

DEVELOPMENT

SENSITIVE

INSERTION